quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Um futebol semi-profissional

      O futebol paraibano beira o amadorismo, hoje lendo uma noticia sobre um clube paraibano que pretende ser campeão em 2012 e estava apresentando sua comissão técnica o engraçado é que ainda estão no tempo do trinador,auxiliar,treinador de goleiros e massagista.A relação de uma comissão técnica de um time profissional deveria ter no minimo além desses assinalados acima um médico,nutricionista,gerente de futebol,assessor de imprensa e se quiser ser mais profissional ainda tem que ter psicologo e fisiologista,por isso que os times da Paraíba e na sua maioria no nordeste não aguenta jogar dois tempos de igual para igual com qualquer clube médio do futebol do sudeste e já fica morto em campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário